As Pontes de Madison

Franscesca (Meryl Streep) explica para Robert (Clint Eastwood) porque não pode deixar sua família para ir embora com ele.  Livro: Robert James Waller  Roteiro: Richard LaGravenese

Francesca –Ninguém entende que quando uma mulher resolve se casar e ter filhos, por um lado, sua vida se inicia, por outro, termina. Você constrói uma vida de detalhes e simplesmente para e fica imóvel para que seus filhos se movimentem. E quando se vão, levam sua vida de detalhes com eles. Então espera-se que você volte a se movimentar, só que você não se lembra mais o que te move porque durante todo esse tempo ninguém te fez essa pergunta. Nem você mesma.  Você nunca imagina que um amor assim possa acontecer com você.
Robert – Mas agora que aconteceu…
Francesca – Eu quero ficar com ele para sempre. Quero amá-lo do jeito que amo agora a vida toda, entretanto se formos embora perdemos tudo. Não tenho como fazer uma vida inteira desaparecer para começar uma outra. Só me resta tentar me agarrar a nós em algum lugar dentro de mim. E você tem que me ajudar.

Anúncios

2 Respostas to “As Pontes de Madison”

  1. Dexter Says:

    Nunca vi este filme. E sempre ouvi trocentas mulheres falando dele. Sempre.

    Agora entendo porquê.

  2. José Stélio Says:

    Todos precisamos ter uma vida dupla como um plano B.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: