Archive for novembro \30\UTC 2009

Participação Especial – Invasões Bárbaras

novembro 30, 2009

Dica de João Toribio

Remy (Rémy Girard) que está com câncer terminal conversa com Nathalie (Marie-Josée Croze)  uma jovem que fornece heroína para ele. Roteiro: Denys Arcand.

Remy – Você  não dá muita importância à vida, dá?
Nathalie – Na verdade, não.
Remy – Eu era como você na sua idade. Podia morrer a qualquer minuto. Pouco me importava. É por isso que os jovens dão os melhores mártires. É paradoxal, quando envelhecemos é que nos apegamos à vida. Quando começamos a subtrair: me restam 20 anos, 15 anos, 10. Quando sabemos que é a última vez que fazemos alguma coisa. É a última vez que compro um carro, a última vez que vejo Gênova, Barcelona.
Nathalie – Não viverei tanto tempo.
Remy –  Como pode saber?
Nathalie – Overdoses são freqüentes, sabia?
Remy – Nem isso você pode prever. Talvez pare e viva até ficar bem velhinha. Não entendemos o passado, como podemos prever o futuro. Ninguém nunca sabe o que vai acontecer. Exceto eu, agora. Eu sei.
Nathalie – Sente medo?
Remy – Claro que sim. Não quero deixar a vida. Não pode imaginar como a amei.
Nathalie – E o que tanto amou?
Remy – Tudo. O vinho, os livros, a música, as mulheres, principalmente as mulheres. Seus cheiros, sua boca, a maciez da sua pele.
Nathalie – Conheceu muitas?
Remy – Sim
Nathalie – Com o tempo, não começam a se parecerem umas com as outras?
Remy – Sim, um pouco. Mas nunca me cansei delas.
Nathalie –  Continua um sedutor?
Remy – Não. Com a idade não é mais a mesma coisa.
Nathalie – Mas ainda pode beber vinho.
Remy – Infelizmente meu fígado não permite.
Nathalie – E as viagens que queria fazer, você fez?
Remy – Hoje em dia, há turistas demais em toda parte.
Nathalie – Não é sua vida atual que você não quer deixar. É a sua vida passada. E essa já está morta.

O Curioso Caso de Benjamin Button

novembro 23, 2009

Dedico esse post a alguns amigos que tiveram a coragem de recomeçar: João, Marcos, Fabrício e Dexter.

Caroline (Julia Ormond) lê emocionada uma carta na qual seu pai Benjamin Button (Brad Pitt) dá alguns conselhos para ela. Enquanto lê ouvimos a voz de Benjamin.  Conto: F. Scott Fitzgerald  Roteiro: Eric Roth e Robin Swicord

Benjamin Button – Se é que minha opinião importa, nunca é tarde demais ou, no meu caso, cedo demais para ser quem você quer ser. Não há limite de tempo. Comece quando quiser. Mude ou continue sendo a mesma pessoa. Não há regras para isso. Podemos tirar o máximo ou o mínimo proveito das coisas. Espero que você tire o máximo. Espero que veja coisas surpreendentes. Espero que sinta coisas que nunca sentiu antes. Espero que conheça pessoas com um ponto de vista diferente. Espero que tenha uma vida da qual se orgulhe. E se não se orgulhar dela, espero que encontre forças para começar tudo de novo

Frida

novembro 16, 2009

frida

Tina Modotti (Ashley Judd) faz um discurso no casamento de seus amigos Frida Kahlo (Salma Hayek) e Diego Rivera (Alfred Molina).  Livro: Hayden Herrera  Roteiro: Clancy Sigal, Diane Lake, Gregory Nava e Anna Thomas.

Tina Modotti – Não acredito no casamento. Não mesmo. Preciso deixar isso claro. No mínimo, é um ato político hostil, um modo como homens medíocres mantêm a mulher em casa e fora do caminho à guisa da tradição e  do conservadorismo religioso. No melhor, é só uma bela ilusão: duas pessoas que se amam e que nem imaginam o quanto farão um ao outro infeliz. Mas… quando duas pessoas sabem disso e decidem, de olhos bem abertos, enfrentar um ao outro e se casar mesmo assim, então não acho que seja conservador, nem ilusório. É sim um ato radical, corajoso e muito romântico.

Pequena Miss Sunshine

novembro 10, 2009

miss sunshine

Quando Olive (Abigail Breslin)  pergunta a seu avô Edwin (Alan Arkin) se ela é uma perdedora, ele dá essa linda explicação.  Roteiro: Michael Arndt.

Avô – Você sabe o que é um perdedor? Perdedor é alguém que tem tanto medo de não vencer, que nem mesmo tenta.

Sessão Extra – Antes do Amanhecer

novembro 6, 2009

Às vezes fica difícil escolher só um dialogo de um filme. Para resolver esse problema agora tem a Sessão Extra.

antes2

Celine (Julie Delpy) fala sobre Deus com Jesse (Ethan Hawke).  Roteiro: Richard Linklater e Kim Krizan

Celine – Acho que, se há algum Deus, ele não está em nenhum de nós. Nem em você, nem em mim… mas nesse espaço entre nós. Se há algum tipo de magia no mundo, ela deve estar na tentativa de entender e compartilhar algo com alguém. Sei que é quase impossível conseguir isso. Mas e daí? A resposta deve estar na tentativa.

Participação Especial – Antes do Amanhecer

novembro 4, 2009

Participação Especial é um espaço onde você pode colocar o seu trecho de filme favorito. Mande sua dica para thiagojd@gmail.com. Não é preciso escrever o diálogo, basta dizer qual é o filme, os atores que fazem parte da cena e explicar um pouco o conteúdo da conversa.

antes do amanhecer

Dica de Alexandre Inagaki do blog Pensar Enlouquece

Celine (Julie Delpy) conversa com Jesse (Ethan Hawke) nas ruas de Viena. Roteiro: Richard Linklater e Kim Krizan

Celine – Tudo que fazemos na vida não é uma tentativa de sermos amados um pouco mais?

Sangue Negro

novembro 3, 2009

sangue negro

Daniel Plainview (Daniel Day Lewis) fala com seu irmão Henry (Kevin J. O’Connor) sobre o que pensa das pessoas.  Livro: Upton Sinclair   Roteiro: Paul Thomas Anderson

Daniel – Você é invejoso? Você sente inveja?
Henry –  Acho que não.
Daniel – Eu sou competitivo por natureza. Não quero que ninguém tenha sucesso. Eu odeio a maior parte das pessoas.
Henry – Essa parte de mim se foi trabalhando e não conseguindo ser bem sucedido. Eu deixei de lado todas as minhas falhas. Eu simplesmente não me importo mais.
Daniel – Se minha  natureza é essa, a sua também é. Tem horas que olho para as pessoas  e não vejo nada que eu goste. Eu quero ganhar dinheiro suficiente para poder me livrar de todo mundo.